A origem da receita da carne de porco à alentejana, que também é conhecida por carne de porco com ameijoas, é incerta, sendo que existe quem lhe atribua uma origem alentejana e quem-lhe atribua uma ligação algarvia, estando ligada ao período da inquisição em Portugal, iniciada em 1536 e que durou até ao ano de 1794.

Conta-se que inicialmente, começou por ser um consumo não simulado pelas populações além-Tejo, que viviam, na altura, as culturas do judaísmo e do islamismo, sendo que para se livrarem da suspeita e da respectiva denúncia à inquisição, devido ao facto de a igreja ver com desconfiança, quem não incluía o porco nas suas refeições ( Uma vez que era um animal protegido pelo judaísmo e pelo islamismo), as populações, passaram a consumir tal carne de forma mais visível, criando o porco no curral à vista da restante população, matando-o em locais públicos, na rua e no largo, convidando os vizinhos à matança, acompanhados de um bom petisco, distribuindo, inclusivamente, nacos de carne fresca aos vizinhos e a provarem os primeiros enchidos depois de curados.

No caso concreto da versão que defende a sua origem na região do Algarve, conta-se que os algarvios, deram este nome ao prato para indicar que a carne usada era de porco do Alentejo (com uma carne mais saborosa, uma vez aue os porcos comiam bolotas de sobreiro), e não com carne de porco do Algarve, onde os suínos, eram alimentados com restos de peixe.

 

 

Ingredientes:

2 Doses

 

Ingredientes:

 

750 gr. Carne de Porco ( perna de porco sem osso )

250 gr. Amêijoas

Banha de porco, alho, massa de pimentão, vinho branco, sal, vinagre

 

Modo de Preparação:

 

Corta-se a carne de porco em pequenos quadrados e deixa-se de um dia para o outro em vinha d’alhos.

Preparação da vinha d’alhos

Num pequeno alguidar de barro, coloca-se a carne com sal e alhos cortados. Barra-se com massa de pimentão e rega-se com vinho branco e umas gotas de vinagre.

Numa frigideira, colocam-se duas colheres de sopa de banha de porco e leva-se ao lume até ficar quente, deita-se a carne em vinha de alhos e deixa-se fritar durante 25 minutos, aproximadamente.

Quando a carne estiver quase pronta, deitam-se as amêijoas.

Quando as amêijoas estiverem todas abertas, está pronto.

Este prato pode ser acompanhado com batata frita aos cubos e pickles de couve flor e cenoura.

 

Fonte: Câmara Municipal de Santiago do Cacém

Carne de Porco à Alentejana
0.00(0 votes)

Publicado Por Pratos da Região

Comentário (0)

Deixe Um Comentário