A muxama é um produto feito com a mesma receita que os fenícios e romanos faziam há cerca de dois mil anos. Resulta de um antigo modo de processamento do peixe, utilizando os lombos do atum, que são passados por sal grosso e depois lavados para retirar o excesso de sal; consistindo assim na salga e posterior secagem das partes nobres do atum em ambiente e temperatura controlados. É uma espécie de presunto do mar.

O termo, provém do árabe “ musama”, que significa “seco”, sendo que já no período da presença islâmica, o modo de preparação do atum, teria sido muito utilizado, tendo tido continuidade no período das conquistas cristãs posteriores. Característico das classes mais baixas, a muxama, servia muitas vezes, para acompanhar o pão, principalmente durante os períodos de maior escassez de alimento. Era consumido nas jornas de trabalho, principalmente por pescadores.

Ingredientes:

 

120 gr Griséus

2 ovos de codornizes

50 gr Muxama de atum

120 gr de cebola

60 gr de alho

100 gr chouriço de porco preto

40 gr coentros

Q.B. Azeite

Q.B. Louro

Q.B. pimenta preta moída

Modo de Preparação:

 

Levar ao lume cebola, chouriço e alho picado com uma folha de louro e deixar aloirar, juntar as ervilhas frescas já bringidas em água quente 3m e adicionar um pouco de água e deixar apurar para finalizar juntar os ovos de codorniz sem romper a gema e rectificar temperos, polvilhar com coentros picados e muxama de atum laminada muito fina e servir..

 

Fonte: Dieta Mediterrânica

Griséus com Ovos de Codornizes e Muxama de Atum
0.00(0 votes)

Publicado Por Pratos da Região

Comentário (0)

Deixe Um Comentário