Esta é uma receita pertencente ao receituário do Recolhimento de Santiago de Viana do Castelo, de edificação seiscentista, mandada construir pela Misericórdia e que pretendia recolher mulheres nobres, em troca de uma renda semanal. O nome da receita, deve-se ao formato que o doce adquire em forma de meia lua.

 

Massa:

 

300 g de farinha aprox.

75 g de manteiga aprox.

2 dl de água; sal e manteiga para fritar.


Recheio:

 

300 g de açúcar aprox.

75 g de amêndoa aprox.

50 g de farinha de pau (mandioca) aprox. e 6 a 7 de gemas de ovo.


Maneira de fazer a massa:

 

No balcão, peneira-se a farinha em monte, fazendo uma cova no centro e, nesta, deita-se a manteiga.

Liga-se a farinha com a manteiga e deita-se a água necessária para ficar bem trabalhada.

Faz-se um rolo e corta-se em fatias.

Com a ajuda do rolo, estende-se a massa e corta-se com a carretilha, fazendo as Meias Luas.

Depois de prontas, fritam-se em manteiga.

Quando frias polvilham-se com açúcar pilé.


Manteiga de fazer recheio:

 

Põe-se ao lume o açúcar com um pouco de água até atingir o ponto pérola.

Junta-se a amêndoa pelada e deixa-se ferver um pouco.

Adiciona-se a farinha de pau, mexendo sempre e quando estiver cozida retira-se e deixa-se arrefecer.

De seguida, juntam-se as gemas e vai novamente ao lume até ferver.

Tem de estar frio para fazer as Meias Luas.

 

Fonte: Câmara Municipal de Viana do Castelo  

Receita das Meias Luas – Doce Conventual Vianense
0.00(0 votes)

Publicado Por Pratos da Região

Comentário (0)

Deixe Um Comentário