Ingredientes:

-1,5 Kg de farinha de trigo

– 1 kg de açucar

– 10 gr de fermento de padeiro

– 3 paus de canela

– 125 gr de manteiga

– 3 limões

– sal

– 1 colher de chá de bicarbonato de sódio

– 4 colheres de azeite

– Gemas de ovos para pincelar


Modo de Preparação:


De véspera peneira-se a farinha. Deita-se um terço da farinha num alguidar e faz-se uma cova no meio, onde se deita o fermento desfeito num pouco de água tépida. Mistura-se tudo e junta-se água morna de modo a obter-se um massa dura. Abafa-se a massa e deixa-se ficar assim até ao dia seguinte. Esta operação dispensa-se substituindo esta massa de fermento por igual porção de massa de pão comprado na padaria. Os bolos ficarão mais finos feitos como acima se descreveu. No dia seguinte, leva-se ao lume a água, a canela, a casca de limão e o sal (cerca de uma colher de sopa). Ferve um pouco, retira-se do lume e junta-se a manteiga.


Num outro alguidar tem-se a restante farinha com o açúcar, o bicarbonato e a raspa da casca de dois limões. Mistura-se tudo e junta-se o azeite e a massa de fermento e, a pouco e pouco, a calda que se preparou, ao mesmo tempo que se vai amassando, mantendo sempre a massa dura. Esta massa leva cerca de 45 minutos a amassar. Quando a massa fizer bolhas, está pronta. Alisa-se e unta-se a superfície com um pouco de azeite. Tapa-se com um pano e embrulha-se num cobertor. Deixa-se levedar em local temperado durante 1 a 2 horas. Passado este tempo, verifica-se a fermentação da massa cortando um bocadinho com uma faca. Se a massa se apresentar arrendada, está pronta para tender. Tomam-se então bocados de massa, que se tendem em forma de ferradura.

Com uma tesoura dão-se uns golpes na parte superior. Pincelam-se com gema e ovo e levam-se a cozer em forno forte durante 15 minutos.

Depois de cozidos, ao saírem do forno limpam-se os bolos com um pano e untam-se com manteiga. Colocam-se em tabuleiros forrados com papéis recortados e enfeitam-se com flores e folhas de laranjeira. Estes bolos são vendidos nas feiras e mercados da Estremadura com o nome de “parrameiros”. Levam obrigatoriamente erva-doce, o que raramente acontece com os bolos de noivo.

Fonte: Câmara Municipal de Alpiarça

Ferraduras (Bolos de noivo)
0.00(0 votes)

Publicado Por Pratos da Região

Comentário (0)

Deixe Um Comentário