Esta caldeirada típica das fragatas das zonas ribeirinhas do Rio Tejo, inclui, na sua receita original, peixes do mesmo Rio, dos quais se destacam obrigatoriamente, a enguia e o choco. Antigamente nos barcos, usavam-se também, outros peixes, como a ”tramelga” (uma espécie de raia), o cação, as eiróses, o tamboril, a tainha e vários outros peixes do estuário do Tejo. Igualmente, a verdadeira “Caldeirada à Fragateiro” não leva água, nem batata, sendo que a mesma, é cozinhada nos próprios sucos dos peixes e legumes que devem ser, tanto quanto possível, da época.

 

Ingredientes


(para 4 pessoas):

  • 1,5kg de peixe;( Enguias e chocos)
  • 1Kg de batatas;
  • 1,5Kg de tomate;
  • 2 pimentos grandes;
  • 3 cebolas;
  • 1 folha de louro;
  • 2 dentes de alho;
  • 1 malagueta de piripiri;
  • 1 ramo de salsa;
  • 1 ramo de hortelã;
  • sal e azeite q.b.

 

Modo de preparação:

Cortam-se os pimentos em tiras, as cebolas às rodelas, as batatas e os tomates em bocados e colocam-se no tacho em camadas, juntamente com o choco que é mais rijo e portanto deve ir para o fundo do tacho.

Acrescenta-se a salsa, o louro, o piri-piri, o alho e o azeite.

De seguida vai para o lume.

Somente, quando a batata começar a ficar cozida, é que se juntam as enguias e outros peixes mais ”moles”, para não ficarem desfeitos.

No final, quando se retira do lume, acrescentam-se uns ramos de hortelã.

 

Fonte: Câmara Municipal da Moita

Caldeirada à Fragateiro
0.00(0 votes)

Publicado Por Pratos da Região

Comentário (0)

Deixe Um Comentário